BRP anuncia resultados do 2º trimestre do ano fiscal 2021

O balanço sofreu impactos da redução da produção em abril e maio, por conta das medidas mundiais de saúde, limitando o abastecimento do mercado de atacado.

A BRP, líder global no segmento de veículos motorizados esportivos, sistemas de propulsão e embarcações, anunciou seus resultados financeiros para o segundo trimestre do ano fiscal 2021, e acumulado dos seis primeiros meses, encerrados em 31 de julho. O balanço sofreu impactos da redução da produção em abril e maio, por conta das medidas mundiais de saúde, limitando o abastecimento do mercado de atacado.

Além disso, nesse período a BRP anunciou realinhamento de seus negócios marítimos, passando a focar a operação desse segmento nas marcas de barcos, e encerrando a operação de produção de motores de popa Evinrude. Recentemente, a empresa ainda anunciou novo aporte para o aumento da capacidade produtiva, com a construção de uma nova fábrica em Juárez, no México, para atender a crescente demanda de UTVs.

Com o encerramento do segundo trimestre, a empresa obteve um lucro líquido de CA $ 126,1 milhões (dólares canadenses), aumento de CA $ 32,8 milhões (dólares canadenses), o que resultou em um lucro diluído por ação de CA $ 1,43 (dólares canadenses), ou seja, aumento de CA $ 0,47 (dólares canadenses),  por ação.

Nesse mesmo período, o lucro líquido normalizado foi de CA $ 100,9 milhões (dólares canadenses), aumento de CA $ 32,1 milhões (dólares canadenses). Com isso, o lucro diluído normalizado por ação foi de CA $ 1,14 (dólares canadenses), um aumento de CA $ 0,43 (dólares canadenses) por ação ou 60,6%. O EBITDA normalizado do segundo trimestre foi de CA $ 214,3 milhões (dólares canadenses), representando 17,4% das receitas, um aumento de CA $ 46,6 milhões (dólares canadenses) ou 27,8%.

“Estamos muito satisfeitos com os nossos resultados, superando nossas expectativas, e ainda contamos com a demanda excepcionalmente alta por nossos produtos, ao longo do trimestre. Esperamos que o cenário se mantenha, mas continuamos monitorando de perto a situação global”, disse José Boisjoli, Presidente e CEO da BRP.

O executivo ainda comentou que o cenário atual impulsionou o crescimento das vendas no varejo, incluindo a chegada de novos clientes. “Juntos com nossa rede de revendedores, vamos agora ter como objetivo capitalizar esta oportunidade. Gostaria de expressar minha gratidão e admiração a todos os nossos parceiros e funcionários por sua resiliência”, concluiu Boisjoli.

Durante o segundo trimestre do ano fiscal 2021, as receitas somaram CA $ 1.233,3 milhões (dólares canadenses), 15,5% abaixo do resultado de idêntico período de 2019. No acumulado do semestre fiscal 2021, as receitas sofreram redução de 11,8%, totalizando CA $ 2.463,1 milhões (dólares canadenses), quando comparadas com o mesmo intervalo de 2019. Essa redução é consequência da queda dos volumes de vendas tanto de produtos anuais quanto sazonais, causada pela suspensão da produção, diante do cenário de pandemia. Contudo, parte dessa perda foi compensada pela variação cambial favorável.

Porém, na América do Norte, as vendas durante o segundo trimestre foram robustas para todas as categorias de veículos Powersports, e apontaram alta de 40% no varejo, ante o mesmo período do ano anterior. No acumulado do semestre, o aumento das vendas nessa região foi de 23%, também com destaque para vendas de UTVs, quadriciclos e motores de popa.

Para acessar os detalhes do relatório, clique aqui. (http://news.brp.com/financial-information/quarterly-reports)