BRP anuncia plano de eletrificação para todas as linhas de produtos até 2026

  • Todas as linhas de produtos BRP, incluindo as marcas Can-Am e Sea-Doo, terão veículos elétricos até 2026;
  • O primeiro veículo elétrico será introduzido no mercado dentro dos próximos dois anos;
  • Investimento total da BRP será de $300 milhões pelos próximos cinco anos;
  • Tecnologia de motores elétricos e baterias está sendo desenvolvida pela divisão Rotax.

 

A BRP anunciou seu plano para lançamento de veículos elétricos em todas as linhas de produtos de suas marcas Can-Am e Sea-Doo, até o fim de 2026. Para isso, serão investidos US$ 300 milhões pelos próximos 5 anos, no desenvolvimento de produtos, equipamentos e ferramentas, infraestrutura e para a produção dos novos modelos.

 

“Sempre dissemos que a eletrificação não era uma questão de ‘se’, mas uma questão de ‘quando’. Estamos muito entusiasmados em revelar mais detalhes do nosso plano para produzir e oferecer produtos alinhados às necessidades e expectativas do mercado, que visam aprimorar a experiência dos nossos clientes”, disse José Boisjoli, presidente e CEO. “Estamos aplicando o nosso know-how de engenharia e capacidade de inovação, para definirmos a melhor estratégia para o desenvolvimento de produtos elétricos”, acrescentou.

 

Depois de analisar as diferentes tecnologias e conceitos de mobilidade elétrica, a BRP tomou a decisão de desenvolver sua própria tecnologia de motores elétricos movidos à bateria, sob a marca Rotax.

 

Além de expandir a infraestrutura de desenvolvimento de motores em sua unidade instalada em Gunskirchen, na Áustria, a empresa também anunciou a criação de um Centro de Desenvolvimento de Veículos Elétricos BRP em sua sede, Valcourt, Quebec, no Canadá. O novo centro será equipado com ferramental de última geração, incluindo áreas sofisticadas para testes em dinamômetros, e uma célula de produção robotizada ultramoderna concentrará o desenvolvimento das baterias.

 

“Estamos entusiasmados com a criação desse Centro de Desenvolvimento de Veículos Elétricos, o que representa nossa entrada definitiva para a mobilidade elétrica, disse Bernard Guy, Vice-Presidente Sênior de Estratégia Global de Produtos. “Estamos reunindo recursos humanos, tecnológicos e financeiros para criar um ambiente de desenvolvimento ágil e criativo”, acrescentou.

 

A jornada elétrica da BRP

 

No início de 2019, a BRP adquiriu ativos da Alta Motors, fabricante de motocicletas elétricas, por meio da qual passou a comercializar o Rotax Sonic E-Kart, que atualmente está em operação no Rotax MAX Dome em Linz, Áustria. Alguns meses depois, a BRP apresentou e-concepts no Club BRP 2019, que trazia um pouco da visão de futuro que a marca já preparava para os seus veículos.

 

Em diversos momentos de sua história, a BRP produziu vários veículos elétricos movidos à bateria, elétricos híbridos e até elétricos que utilizam células de combustível.

 

Com esse anúncio, a empresa torna o seu foco e planos definitivos para sua jornada elétrica para toda as suas linhas de produtos.

 

Expansão da equipe de desenvolvimento

 

A grande agilidade com que avança o plano de desenvolvimento dos motores e baterias elétricas tem demandando, em igual velocidade, a expansão das equipes de engenharia de seus principais centros de desenvolvimento no mundo: Quebec, Áustria, Finlândia e Estados Unidos. Para acompanhar as etapas do plano de eletrificação, a BRP tem diversas contratações de engenheiros e técnicos especializados nessas regiões.