Can-Am Maverick X3 torna a competição ainda mais disputada no Sertões 2020

  • Apenas 4 segundos separaram as duas primeiras duplas na etapa 
  • Nelsinho Piquet teve problemas técnicos e terminou o dia em 50º 
  • Na classificação Geral apenas 23 minutos separam o 1º e o 46º colocado 

 

Depois de percorrerem quase 600 quilômetros, partindo da Fazenda Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), os competidores do Sertões 2020 passaram pela primeira etapa da competição, e seguem rumo à Bolha 1, em Brasília (DF), neste sábado, 31 de outubro.  

 

Can-Am Maverick X3 dominou o ranking dos 10 primeiros colocados, confirmando sua predominância em provas off-road de alto nível de dificuldade. A primeira etapa foi extremamente disputada, e com isso apenas 23 minutos separaram o tempo da primeira dupla da 46ª colocada no ranking Geral dos UTVs. 

 

Com trechos de serra e muitas lombas, a primeira etapa desafiou pilotos e navegadores pelas belas paisagens do Parque Nacional da Serra da Canastra. 

 

Uma vantagem de 4 segundos deu a primeira colocação para a dupla Bruno Varela e Gustavo Bortolanza, da Can-Am Monster Energy, que encerrou o primeiro dia na primeira colocação, com 3h48min09seg. “Foi um dia muito bom, embora tenha sido uma especial de velocidade, com muitos saltos, o que exigia muita técnica dos pilotos. Ainda estamos nos adaptando nesse começo do Sertões, que está meio diferente do habitual, com clima gelado, mas o nosso Maverick X3 foi perfeito o dia todo”, explicou Bruno Varela já pensando na dificuldade da próxima etapa que começa na segunda-feira 

 

A segunda posição ficou com a dupla Deni Nascimento e seu navegador Idali Bosse, da Bompack Can-Am, com 3h48min13seg. “Foi uma especial longa, com muitas lombas, mas o Maverick X3 superou os obstáculos e a cada dia pegamos mais confiança na competição. Perdemos um pouco de tempo em uma bifurcação, mas seguimos muito bem pelo trecho, aproveitando as paisagens da Serrra da Canastra, quando era possível. Esse clima, só o Sertões pode proporcionar”, comentou o campeão de 2019. 

 

Com 3h49min cravados, Rodrigo Varela e Gunnar Dums, da Can-Am Monster Energy, chegaram em  lugar, seguidos por Deninho Casarini e o navegador Ivo Mayer da Casarini Racing, com 3h50min08seg. também correndo de Can-Am Maverick X3. 

 

As duas outras duplas da equipe Can-Am Monster Energy formadas por, e Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, e Gabriel Varela e Eduardo Shiga encerraram o dia na 11ª e 17ª posições, respectivamente.  

 

A dupla feminina composta pela piloto Helena Deyama e sua navegadora Josi Koerich, da equipe Musa (Mulheres Unidas Sertões Adentro), chegou na 43ª com 4h06min51seg.  

 

Barra traseira  

 

O piloto estreante do Sertões, Nelsinho Piquet, que corre pela equipe  

Can-Am Varela Divino Fogão Rally Team, teve problemas com quebra da barra traseira depois de uma batida forte em um mourão, e terminou a especial da primeira etapa em 6h25min14seg, na 50ª posição. 

  

“O dia foi muito estressante, tivemos problemas técnicos durante o percurso, o que nos impediu de forçar mais e sentir melhor o clima da competição. Tivemos de manter a cautela e buscar chegar até o final da prova”, desabafa Nelsinho, comentando que se sentiu frustrado por não ter conseguido melhores resultados no dia, mas está mantendo a animação e a concentração para a próxima etapa. 

 

Acompanhe os resultados da primeira etapa e classificação Geral extra oficiais da categoria UTV:  

1 – Bruno Varela / Gustavo Bortolanza – CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 3h48min09seg 

 

2 – Deni Nascimento / Idali Bosse – CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 3h48min13seg 

 

3 – Cristiano Batista / Robledo Nicoletti – CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 3h48min50seg 

 

4 – Rodrigo Varela / Gunnar Dums – CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 3h49min00seg 

 

5 – Denísio Casarini / Ivo Mayer – CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 3h50min08seg 

 

6 – Tomas Luza / Robson Shiunka – CAN-AM MAVERICK X3 XRC TURBO – 3h50min12seg 

 

7 – Roberto Keller / Marcelo Ritter – CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 3h50min38seg 

 

8 – Rodrigo Luppi / Maykel Jsuto – CAN-AM MAVERICK X3 XRC – 3h50min45seg 

 

9 – Gabriel Cestari / Jhonatan Ardigo – CAN-AM MAVERICK X3 XRS – 3h52min08seg 

 

10 – Cristiano Mai Domecg / João Luis Stal – CAN-AM MAVERICK X3 XRC TURBO RS – 3h52min32seg