Equipe Can-Am Monster Energy Varela Rallylidera primeiro dia da categoria UTV 1 no SertõesSeries Jalapão 2021

 

A bordo de um Maverick X3 a equipe Can-Am Monster Energy Varela Rally obteve o quarto melhor tempo entre os 56 competidores.

 

Depois de percorrerem quase 500 quilômetros, partindo do complexo Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães (BA), os competidores, que estarão em agosto competindo no Rally dos Sertões, passaram pela primeira etapa da competição e chegaram na cidade de São Félix, em Tocantins, onde passarão a noite e largarão amanhã pela manhã.

 
O Can-Am Maverick X3 mostra que é o preferido dos pilotos e domina o ranking dos inscritos no Sertões Series Jalapão. De 56 inscritos na categoria de UTVs, 49 são Can-Am Maverick X3. O modelo sai de fábrica com 195hp de potência.
 
A primeira etapa foi marcada por grandes desafios. Os pilotos enfrentaram dificuldades e os favoritos não obtiveram o tempo desejado. A equipe Can-Am Monster Energy Varela Rally, com o piloto Gabriel Varela e o navegador Felipe Bianchini, obteve o melhor tempo entre as equipes apoiadas pela Can-Am, a quarta colocação da Sertões Series Jalapão na classificação geral e a primeira na categoria UTV1 com o tempo de 03 horas cravadas.
 
“Tivemos um problema rápido no meio da especial que custou 40 segundos, mas o restante da prova fomos bem. O Felipe fez um ótimo trabalho e conseguimos fazer uma estreia boa da dupla. Estamos prontos para os próximos dias” conta Gabriel Varela.
 
Com diversos trechos de serra e depressões com bastante areia, os pilotos e navegadores foram desafiados por essas condições nas belas paisagens do nordeste brasileiro.
 
Com uma diferença de apenas 9 min 32 seg para os líderes está outra dupla apoiada pela Can-Am, o piloto Deninho Casarini e seu navegador Ivo Mayer, campeões do Sertões 2020 com a equipe Casarini Racing. A dupla registrou o tempo de 03 h 09 min 32 seg, que deu a eles a 20ª posição geral e 5ª na UTV1.
 
O piloto Deni Nascimento e o navegador Idali Bosse, da equipe Bompack Racing que também conta com apoio oficial, enfrentaram dificuldades a 700metros do final da prova, quando perderam 14 minutos e concluíram a prova como tempo de 03 h 15 min 57 seg. Com isso a dupla ficou na 30°colocação e em sexto na UTV1.
 
“Hoje, a prova especial começou bem travada, arenosa, do jeito que os pilotos gostam. Usamos um pneu um pouco menor pra ver como o Maverick X3 iria se comportar na areia e viemos andando bem, com um tempo bom. Porém, quando faltavam 700metros, tivemos um problema que nos custou 14 minutos e isso acabou tirando a chance de brigar pela etapa”, comenta Deni Nascimento.
 
“Agora vamos resolver o problema e amanhã estaremos prontos para a nova etapa” finaliza o piloto.
 
Com 03h 28min 06seg, Reinaldo Varela e seu navegador Gunnar Dums, da Can-Am Monster Energy Varela Rally, chegaram em 36º lugar. Teremos ainda mais três dias de provas até a definição dos principais concorrentes ao título do Sertões Series Jalapão, abertura do campeonato Brasileiro de rali Cross-country.
 
Resultados extra oficiais – dia 1 e acumulado geral
  1. Tomas Luza e Robson Schuinka – Can-Am – 03:00:19
  2. Francesco Franciosi e Ana Paula Franciosi – Can-Am– +27,1 segundos
  3. Fabio Ruediger e Eduardo Bampi – Can-Am – + 29,1 segundos
  4. Gabriel Varela e Filipe Bianchini – Can-Am – +34,6 segundos
  5. Richard Fliter e André Munhoz – Can-Am – +01:09 min
  6. Thiago Torres e Eduardo Shiga – Polaris – +02:12 min
  7. Gabriel Cestari e Jhonatan Artigo – Can-Am – +02:52 min
  8. Cristiano Batista e Robledo Nicoletti – Can-Am – +03:19 min
  9. Otavio Leite e Wladimir Grunenberg – Can-Am – +03:58 min
  10. João Franciosi e César Valandro – Can-Am – +04:27 min